quarta-feira, 6 de maio de 2015

“Reajuste fiscal não deve ameaçar direitos garantidos dos trabalhadores”, defende Cleber Verde ao reinstalar a Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados


“A situação econômica do país exige a reinstalação da frente, uma vez que a crise financeira demanda cortes e ajustes que serão decididos por meio de propostas apreciadas pelo Congresso Nacional”. A afirmação é do deputado republicano Cleber Verde (PRB/MA), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Aposentados e Pensionistas do Brasil, reinstalada nesta terça (5) na Câmara dos Deputados. A cerimônia contou com a participação de entidades representativas, deputados e senadores de todos os partidos.

Segundo o parlamentar, é hora de partir para o diálogo e unir forças para promover uma agenda legislativa positiva. "Matérias de grande relevância estão na pauta de votação e podem alterar completamente o cenário brasileiro e, por isso, estamos aqui para nos certificar que essas mudanças não irão prejudicar os aposentados e pensionistas”, defende.

De acordo com a presidente do Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), Silvia de Alencar, o governo precisa investir na transparência e cumprir o que já foi determinado por lei. “Não se trata de criar novas medidas e, sim, de resgatar o que já está garantido na Constituição”, argumenta Silvia.

Cleber Verde destacou que a frente conta com a adesão de mais de 280 deputados e 40 senadores trabalhando em prol dos aposentados e pensionistas. Os parlamentares reivindicam entre outros, a aprovação de vários projetos de interesse da categoria, dentre eles, o Projeto 4434/2008, que recupera as perdas salarias dos aposentados e pensionistas do INSS e a PEC 555/2006, que extingue a cobrança da contribuição previdenciária dos servidores públicos federais aposentados.

Participaram do evento os deputados Gonzaga Patriota (PSB/PE), Aluisio Mendes (PSDC/MA), Juscelino Filho (PRP/MA) e o presidente da Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (COBAP), Warley Martins.