terça-feira, 5 de maio de 2015

Brasília sedia encontro de bonecos mamulengos

Bonequeiros do DF, como Chico Simões, receberão o título de Patrimônio Cultural do Brasil 

Brasília será sede, nesta terça-feira (5), das 10h às 18h15, do Encontro de Mamulengos do Distrito Federal. Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o evento tem o objetivo de esclarecer a população sobre a política de salvaguarda do patrimônio cultural de natureza imaterial, assim como os aspectos do registro do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste.

Durante o evento, além de debates e palestras, será entregue aos bonequeiros do Distrito Federal o Título de Patrimônio Cultural do Brasil. Também será realizada posse da nova diretoria da Associação Candanga de Teatro de Bonecos, parceira nas atividades relacionadas ao Registro do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste.

Sobre o Teatro de Bonecos

O Teatro de Bonecos Popular do Nordeste – Mamulengo, Babau, João Redondo, Cassimiro Coco – foi reconhecido pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil no último dia 05 de março de 2015.

O pedido de reconhecimento foi feito pela Associação Brasileira de Teatro de Bonecos (ACTB) e pelo Centro Unima Brasil e resultou na abertura de processo administrativo no Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan. A análise abrangeu pesquisas e coleta de documentos e informações sobre o Teatro de Bonecos Popular do Nordeste em quatro estados brasileiros – Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará – e no Distrito Federal. No DF e entorno, foram identificados e documentados oito grupos praticantes dessa forma teatral.

O exemplo do DF é representativo do deslocamento dessa prática artística e cultural de seus contextos originários. O desenvolvimento na capital federal se desenvolveu a partir da migração de praticantes dessa arte, provenientes da região nordeste brasileira, no período da construção de Brasília.



Serviço:

Data: 05 de maio de 2015
Local: Edifício Sede Iphan / 713/913 sul
Horário: 10:00 às 18:15
Informações: (61) 2024-6180 / 6190

Foto: Oliver Kornblihtt